Como conseguir crédito pessoal
Como conseguir crédito pessoal
credito online

Como conseguir crédito pessoal

13 Partilhas

Como conseguir crédito pessoal

Sabe como conseguir crédito pessoal?

Um crédito pessoal é uma solução procurada por muitas pessoas mas para outras ainda pode ser novidade.

Antes de lhe darmos informações mais específicas de como conseguir crédito pessoal explicamos-lhe os três tipos de crédito que fazem parte do crédito pessoal. 

De acordo com as finalidades, um crédito pessoal pode compreender três tipos: crédito rápido, crédito consolidado e crédito especializado. 

Um crédito rápido, como o próprio nome indica, é um crédito que permite responder a alguma situação urgente ou inesperada e habitualmente a resposta por parte da instituição bancária não ultrapassa as 48 horas. 

O crédito consolidado é uma solução que permite abarcar todos os créditos num só, de forma a juntar as prestações numa única e traz soluções como poupança e facilidade. 

O crédito especializado compreende despesas de sáude, viagens, estudos, entre outros. 

Dar a conhecer a finalidade do crédito pode ajudar a escolher a opção mais vantajosa para a sua situação. 

Como conseguir crédito pessoal?

Para conseguir crédito pessoal deve dirigir-se a alguma instituição bancária ou recorrer às várias instituições que permitem pedir créditos de forma online.

A maior vantagem de o fazer online é que pode submeter o pedido a partir do conforto de sua casa, sem ter que se deslocar ao banco, faltar ao trabalho, entre outras situações que pode ter que gerir. 

Deve ter em conta o valor das comissões (comissão de abertura e de processamento), a Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) e o Imposto de Selo.

São tudo valores que podem levar a escolher o financiamento de uma determinada instituição em detrimento de outra.

Tenha em conta também se pode amortizar o crédito de forma antecipada sem penalização ou se há alguma penalização associada e, se necessita de um seguro de vida ou se lhe compensa ou é mais seguro escolher outros seguros como o de proteção em caso de desemprego.

São, portanto, tudo fatores que permitem tomar uma decisão de forma consciente, segura e com a certeza de que escolhe a opção mais adequada para si e para a sua família. 

Por norma, os documentos pedidos pelas instituições financeiras são: cartão de cidadão, comprovativo de morada atualizada (para tal, serve a última fatura de água, luz, gás, entre outras), última declaração de IRS e Nota de Liquidação, último recibo de vencimento ou pensão, se for o caso e comprovativo de IBAN.

Todos estes documentos dizem respeito aos titulares do contrato. 

A idade, o historial de crédito do cliente (ou seja, ser um bom pagador compensa e pesa na hora da instituição decidir), ter ou não habitação própria, a solvabilidade do cliente (capacidade do cliente em pagar o empréstimo pedido) são alguns dos fatores que influenciam a decisão da instituição em conceder ou não um crédito.

Dar alguma garantia como a habitação pode ser uma decisão vantajosa nalguns casos.

É caso para dizer que tudo deve ser tido em linha de conta. 

Quais os montantes mínimos e máximos de financiamento?

Pode pedir um crédito pessoal num valor que começa, habitualmente, nos 500 euros e pode ir até 75 mil euros.

Depende aqui obviamente da instituição mas por norma são estes os montantes mínimos e máximos de financiamento. 

13 Partilhas

Sobre o Autor

Antonio Salgueiro

Antonio Salgueiro

Certificação profissional em Técnico Comercial Bancário ,no Sindicato dos Profissionais de Seguros de Portugal .