Dinheiro rápido para emergências
Dinheiro rápido para emergências
credito online

Dinheiro rápido para emergências

142 Partilhas

Quem já não se viu a braços com uma despesa inesperada à qual não consegue fazer face que “atire a primeira pedra”! 

Seja esta despesa de que carácter for sabemos que por vezes a aflição pode tomar conta das pessoas.

É preciso responder e de forma rápida à emergência que surgiu. 

O mercado sabe da forte crise que assolou vários países há uns anos.

A crise pareceu desvanecer-se com o tempo mas Portugal mantém ainda uma situação pouco favorável à maioria das famílias.

Os ordenados são baixos, há falta de emprego, a vida está cara.

Estas são as principais características que ainda permanecem nos tempos que correm.

Para não falar dos impactos do coronavírus na economia.

Mas isto deixamos para mais tarde porque o melhor é lidar com uma preocupação de cada vez.

Voltemos ao Dinheiro rápido para emergências o que é preciso conseguir para responder a uma emergência que surgiu.

Um crédito rápido serve para esta situação.

O dinheiro pedido é disponibilizado num prazo máximo de 48 horas, após a aprovação que por norma pode requerer 24 horas.  

Pode pedir por exemplo um crédito urgente de mil euros e este insere-se já neste contexto. 

Em que situações pode pedir dinheiro urgente?

O alerta é para que sempre que se faça um crédito se perceba que esta deve ser a última solução encontrada.

Todas as outras alternativas devem ter sido esgotadas, uma vez que, um crédito é sempre um crédito independentemente dos moldes em que o crédito é pedido.  

Se não tem mesmo outra opção se não recorrer a um crédito rápido e se o valor que precisa é mesmo urgente e uma necessidade que não possa ser adiada, então analise todas as ofertas existentes no mercado. 

Ter mais de 18 anos é um critério que terá que cumprir.

Depois importa pensar que o seu histórico financeiro entrará na decisão da entidade bancária bem como outros aspetos como o rendimento do agregado familiar.

Alternativas ao Crédito de emergência

As principais alternativas ao crédito urgente são mesmo os créditos pessoais disponibilizados por imensas entidades bancárias. 

O crédito pessoal é um tipo de crédito que tem uma aprovação relativamente rápida, ao contrário do que algumas pessoas possam pensar.

No que diz respeito às taxas de juro do dinheiro rápido para emergências por norma são sempre melhores do que nos processos de crédito rápido. 

Por este facto, um crédito pessoal é sempre uma alternativa a considerar para que a família possa gerir melhor o pagamento do dinheiro em dívida. 

Um cartão de crédito é outra possibilidade, outra alternativa que em alguns casos pode ser mais vantajosa.

Depende sempre do tipo de cartão de crédito que tem e das condições e taxas aplicadas ao seu caso. 

Por fim, destacamos a conta ordenado que, por vezes, pode ser uma opção menos “prejudicial”.

É que tanto aqui como no cartão de crédito, habitualmente pode pagar o valor em dívida em 30 ou 50 dias não implicando para tal qualquer tipo de juros.

Podem ser excelentes alternativas para algumas pessoas e situações específicas. 

Nunca deixe de analisar todas as hipóteses para depois escolher a mais vantajosa. 

142 Partilhas